Aqui elas dão show!

Loading...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

COREÓGRAFOS - Nino Giovanetti

Armando Giovanetti, começou a dançar na década de 50, ao lado de Luciano e Aladia Centenaro, com quem montou The News Shout American Dancer's, com longa temporada na Europa. Voltando ao brasil, foi contratado por Carlos Machado, viajando para o México, Porto Rico e São Domingos com o show O teu cabelo não nega e Rio de quatrocentos janeiros. Nos Estados Unidos, estudou com Matt Madox, Buzz Miller, Alvin Alley e Kobayashi, entre outros. A partir de 1965, foi coreógrafo de quase todas as emissoras de TV, no eixo Rio/São Paulo, onde atuou ao lado de grandes estrelas. Foi diretor e coreógrafo de shows com Mayza Matarazzo, Elizete Cardoso, Wilson Simonal, Marcos e Paulo César Valle. foi um dos fundadores do Conselho Brasileiro de Dança através da UNESCO e também diretor-fundador do Sindicato da Dança do Estado do Rio de Janeiro. Um dos introdutores do estilo jazz no Brasil, atuou na temporada de Rudolf Nureyef e Margot Fontaine como coreógrafo, no ballet Jazz para quatro instrumentos.

No carnaval foi passista da Acadêmicos do Salgueiro e fez a sua estréia como coreógrafo pela Porto da Pedra em 1996. Paulo Barros ganhou fama com a alegoria do DNA, na Unidos da Tijuca em 2003, mas à frente da escola estava a comissão comandada por Nino que o acompanhou também no ano seguinte.

Nino Giovanetti faleceu aos 75 anos, de parada cardio-respiratória. em Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro.

Chamamos a atenção para a inovadora comissão da Porto da Pedra de 1998, em que os componentes vieram cercados por grades simbolizando uma cadeia, a figura central é de um juiz representado pelo próprio Nino. Também não podemos deixar de ressaltar as comissões da Unidos da Tijuca criadas para a então revelação Paulo Barros e finalmente a artesanal comissão criada para o enredo "O Império do Divino" no Império Serrano.

1996
Porto da Pedra
ENREDO: “Um Carnaval dos carnavais – a folia no mundo”.
 “Coringa”

1997
Porto da Pedra
ENREDO: “No reino da folia cada louco com sua mania”.
“O louco”

1998
Porto da Pedra
ENREDO: “Samba no pé e mãos ao alto. Isto é um assalto”.
 “Lugar de ladrão é na cadeia”

1999
União da Ilha
ENREDO: “Barbosa Lima, 102 anos do Sobrinho do Brasil”.
 “O Brasil moderno grávido de justiça”

2002
Porto da Pedra
ENREDO: "Serra Acima, Rumo À Terra Dos Coroados"
“Espíritos coroados”

2003
Unidos da Tijuca
ENREDO: “Agudás, os que levaram a África no coração, e trouxeram para o coração da África, o Brasil”
“Pregoeiros de delícias baianas”

2004
Unidos da Tijuca
ENREDO: “O sonho da criação e a criação do sonho: a arte da ciência no tempo do impossível”
 “A Ciência move o Homem ou o Homem move a Ciência?”

2005
Unidos da Tijuca
ENREDO: “Entrou por um lado, saiu pelo outro... Quem quiser que invente outro” .
 “O imaginário de Dom Quixote”

2006
Império Serrano
ENREDO: “O império do divino”.
“Os caminhos da fé”

Um comentário:

  1. Foi uma honra ter participado das comissões de 97 98 99 2004 2005 e 2006. Com o fantástico Nino Giovanetti. Saudades.

    ResponderExcluir