Aqui elas dão show!

Loading...

domingo, 10 de junho de 2012

FIGURA DO SAMBA - Rafael Gonçalves

Paixão
pai-xão
s. f.
Movimento violento, impetuoso, do ser para o que ele deseja.
Atração muito viva que se sente por alguma coisa.
Objeto dessa afeição.
Predisposição para ou contra.
Arrebatamento, cólera.
Amor, afeição muito forte.


Uma grande paixão tomou conta do jovem Rafael Gonçalves, quando ainda criança foi levado por sua tia, integrante da comissão de frente da Beija Flor, aos ensaios do grupo comandado pela então estreante Ghislaine Cavalcanti.

Aos 8 anos Rafael foi pela primeira vez a um dos ensaios com o figurino do desfile, neste mesmo ano sua tia o presenteou com uma revista da escola que tinha alguns croquis das fantasias. Pronto! A partir daí ele se debruçou sobre os desenhos e começou a copiá-los, além de reproduzir os figurinos que havia visto nos ensaios.
Em 2010, estreou no Carnaval Virtual, divulgando o seu trabalho para o mundo real, o que fez com que, no ano seguinte, integrasse a equipe de Eduardo Gonçalves na Paraíso do Tuiuti.



"No carnaval de 2011 eu já participei da equipe da Tuiuti com o carnavalesco Eduardo Gonçalves, que aliás, é uma pessoa que costuma revelar novos talentos."



"Vou falar do meu primeiro contato com o carnaval. Em 1997, a minha tia passou a integrar a comissão de frente da Beija-Flor. Naquele ano, a escola comemorava 50 anos e o enredo tratava de festas comemorativas com o título de "A Beija-Flor é Festa na Sapucaí". A Comissão de frente representava a Festa no Céu e era composta por mulheres, cada uma representando um animal e com uma cor diferente. A minha tia era a águia lilás. Eu vi o desfile apenas pela televisão, mas 1997 foi o primeiro ano que eu me lembro de ter acompanhado os desfiles da escolas de samba. É claro que eu tentei desenhar os figurinos daquela comissão de frente. Os meus desenhos não tem nem de longe a beleza da fantasia utilizada pela minha tia, mas foram os primeiros desenhos que eu fiz de carnaval."


"Nos últimos dias, resolvi refazer os desenhos da comissão de frente da Beija-Flor de 1999 que eu fiz aos 8 anos. Desta vez, desenhei olhando a foto e também por isso os desenhos ficaram mais parecidos com os figurinos do desfile. Estes desenhos são muito marcantes para mim pois representam o meu primeiro contato real com o carnaval que foi o ensaio da comissão de frente. Também coloco no post, o desenho do figurino presente na revista da Beija-Flor daquele ano, que está um pouco diferente do figurino pronto, mas por muito tempo foi o meu padrão maior de qualidade dos desenhos de fantasias para escolas de samba."



















"Por muito tempo, a Beija-Flor foi a minha referência de carnaval, até 2002, último ano da minha tia na Beija-Flor. Da escola, ela me dava revistas com fotos ou croquis de fantasias que também eram o meu padrão e eu tentava copiar diversas vezes, até chegar a um estilo próprio de desenho e de fantasia.
Hoje, por mais que a Beija-Flor não seja mais a minha referência principal e o trabalho da sua comissão de carnaval não seja com o qual eu mais me identifique, ela foi fundamental para o desenvolvimento da minha arte de estar sempre na procura pelo belo e pela emoção!"

Em 2012, Rafael continuou na equipe de Eduardo Gonçalves na Alegria da Zona Sul e na Unidos do Jacarezinho.

Saiba mais:


Carnaval Virtual 

Nenhum comentário:

Postar um comentário