Aqui elas dão show!

Loading...

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

CENTRO CULTURAL CARTOLA - Se todos fossem iguais a você...



No último sábado (27/10), o blog COMISSÃO DE FRENTE esteve no 3º CINE DEBATE - "Gosto que me enrosco", realizado pelo site Portelaweb em comemoração aos seus 12 anos de existência. O evento realizado em parceria com o Centro Cultural Cartola, reuniu figuras ilustres da escola que participaram da linda campanha da azul e branca em 1995 e outros outros convidados para assistir ao desfile memorável que, por apenas, meio ponto deu o vice campeonato à escola.

Após a exibição do vídeo, Fábio Pavão e Paulo Renato Vaz, ambos integrantes da equipe do Portelaweb, conduziram um grande debate composto por convidados ilustres como Djalma e Mestre Mug (diretor de harmonia e diretor de bateria no desfile de 95), Júnior Escafura, atual coordenador de carnaval e filho de Luiz Carlos Escafura, o então presidente da Portela, responsável por reintegrar à escola grandes nomes que estavam afastados, além de dar a missão tripla para  um dos mais antigos coreógrafos das escolas de samba em atividade, o mestre Jeronymo Patrocínio, que naquele ano foi mestre-sala, coreógrafo da comissão de frente e da ala Sambarte, que ele comanda a 34 anos.

É bom lembrar que naquele tempo era comum ver coreógrafos comandando comissões de frente em até três escolas do mesmo Grupo. Jeronymo era um dos mais requisitados e no vídeo a seguir ele fala como foi a experiência vivida no carnaval de 95.

Trecho extraído de vídeo realizado por Pedro Migão

Foi uma agradável tarde cheia de saudosismo que emocionou a quem estava presente... Mas tudo isso só foi possível devido à incrível iniciativa do Centro Cultural Cartola, que abre as suas portas para receber histórias não só da Mangueira, mas de todas as agremiações, com o necessário objetivo de preservar uma das manifestações populares mais genuínas do nosso país. As nossas Escolas de Samba, celeiros da cultura popular carioca, merecem um espaço para preservação de sua história. Rachel Valença, diretora de projetos do Centro Cultural,  falou muito bem na abertura do evento sobre a falta que faz um grande museu do carnaval em nossa cidade e exaltou a iniciativa do CCC, que guarda a memória de todas as agremiações.

O Centro Cultural está de portas abertas à todos aqueles que queiram colaborar com o seu acervo e que queiram se enriquecer culturalmente com as histórias da nossa maior festa popular.

O espaço acabou de inaugurar a exposição "Dona Zica – Da Mangueira e do Brasil", que celebra os 100 anos, que estaria completando a mulher que durante anos foi sinônimo de Mangueira, além de ter sido esposa de um dos mais valiosos músicos da nossa história. São fotos, documentos, vídeos, roupas e objetos pessoais, que ajudam a contar a trajetória dessa mulher guerreira que foi integrante da Velha Guarda da Estação Primeira de Mangueira até sua morte, em 2003. Vale a pena conferir!

No Centro Cultural Cartola também é possível ver de perto o figurino utilizado por Cartola na última vez em que desfilou como integrante da comissão de frente em 1978.


Ah, Centro Cultural Cartola! Se todos fossem iguais a você...



Nenhum comentário:

Postar um comentário