Aqui elas dão show!

Loading...

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Comissões de frente 1985

Neste ano, a campeã foi a Mocidade Independente de  Padre Miguel, com o enredo
Ziriguidum 2001, Carnaval nas Estrelas. A partir de 1985 as comissões passaram a se
posicionar à frente do carro Abre-Alas que começou a contar como alegoria.




ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA
ENREDO: “Abram alas que eu quero passar”.
CARNAVALESCO(S): Elóy Machado.
Componentes: (Lecy Brandão, representando Chiquinha Gonzaga) e 14 masculinos (todas as
grandes figuras da escola estavam presentes).
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: vestiam terno estilizado rosa claro com penacho verde na cartola e uma
grande capa que dava um bonito efeito na evolução dos componentes.
Coreógrafo(s): Diana Magalhães.
Pontuação: 10,0 – 10,0


ACADÊMICOS DO SALGUEIRO
ENREDO: “Anos 30, Vento Sul: Vargas”.
CARNAVALESCO(S): Edmundo Braga e Paulino do Espírito Santo.
Componentes: 12 masculinos (Integrantes da Velha Guarda).
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: “12 homens vestiam fraque cinza, listras brancas e cartola da mesma cor,
com a qual saudaram a galera”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

Na foto: Aroldo Costa


UNIÃO DA ILHA DO GOVERNADOR 
 ENREDO: “Um herói, uma canção, um enredo”.
CARNAVALESCO(S): Luis Orlando.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: “marinheiros”.
O que representou: “Pretendia contar a vida do homem do mar no começo do século”.
Coreógrafo(s): (?) 15
Pontuação: 0 - 0


 IMPÉRIO DA TIJUCA
ENREDO: “Se a lua contasse”.
CARNAVALESCO(S): Ney Ayan.
Componentes: 12 femininos
Nome da fantasia: “Belle Époque”.
O que representou: “...luxuosamente trajadas, em roupas da Belle Époque, nas cores verde e
branca. Nas mãos, sombrinhas brancas”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

 ACADÊMICOS DA SANTA CRUZ
ENREDO: “Ibrahim Sued – de leve eu chego lá”.
CARNAVALESCO(S): Gil Ricon.
Componentes:  15 femininos (e 15 masculinos – A Escola apresentou duas comissões de
frente, a primeira formada por mulheres com trajes luxuosos na cor branca e a segunda por
homens trajados com fraque com casacas e cartolas na cor verde).
Nome da fantasia: (?)
O que representou: usavam vestido branco com muito brilho e plumas brancas.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

BEIJA-FLOR
ENREDO: “A Lapa de Adão e Eva”.
CARNAVALESCO(S): Joãosinho Trinta.
Componentes:  14 femininos (jogadoras de vôlei do Flamengo, da Supergasbras, BradescoAtlântica e Pirelli, quase todas integrantes da Seleção Brasileira).
Nome da fantasia: (?)
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

 MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL 
ENREDO: “Ziriguidum 2001- um Carnaval nas estrelas”.
CARNAVALESCO(S): Fernando Pinto.
Componentes:  12 “um grupo de crianças com fantasia de astronauta evoluindo à frente dos
carros abre-alas”.
Nome da fantasia: “Astronauta”.
O que representou: “o homem explorando o espaço sideral”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

UNIDOS DO CABUÇU 
ENREDO: “A festa é nossa, ninguém tasca”.
CARNAVALESCO(S): Paulo Cesar Cardoso e Stoessel.
Componentes: 05 masculinos e 05 femininos.
Nome da fantasia: “Zé Cariocas e Baianas”.
O que representou: personagens tipicamente brasileiros.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

IMPÉRIO SERRANO 
ENREDO: “Samba, suor e cerveja – o combustível da ilusão”.
CARNAVALESCO(S): Renato Lage e Lílian Rabello.
Componentes: 20 masculinos.
Nome da fantasia: “Garçons”.
O que representou: “traz 20 garçons, devidamente vestidos no estilo da década de 30”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

 PORTELA 
ENREDO: “Recordar é viver – vamos recordar e viver”
CARNAVALESCO(S): Alexandre Louzada
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: Vestiam fraque e cartola na cor branca.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

 UNIDOS DE VILA ISABEL 
ENREDO: “Parece até que foi ontem”.
CARNAVALESCO(S): Max Lopes.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Arautos”.
O que representou:  “Arautos anunciavam com trombetas a chegada do desfile, lembrando
esses personagens tão comuns em histórias de criança”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

 ESTÁCIO DE SÁ
ENREDO: “Chora, chorões”.
CARNAVALESCO(S): Fernando Alvarez.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: vestiam terno estilizado branco.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

CAPRICHOSOS DE PILARES
ENREDO: “E por falar em saudade”.
CARNAVALESCO(S): Luís Fernando.
Componentes: 13 masculinos.
Nome da fantasia: “amoladores de faca”.
O que representou:  “Os amoladores de faca da Caprichosos vão entrar na Avenida
empurrando seus carrinhos e em determinados pontos farão cumprimentos simples ao público.
Em frente à comissão julgadora, desenvolverão completamente sua coreografia, posicionandose de forma a serem vistos por todos, enquanto um deles (o do centro) vai adiantar-se e fazer
‘cantar’ sua pedra, chamando o freguês, representado por Paulo Maurício que, vestido de terno
branco, à moda dos malandros, vai tirar do paletó um pequeno punhal para ser amolado,
enquanto os outros doze imitam o gesto do amolador  principal. Depois do cumprimento aos
jurados e ao público, a comissão formará novamente em linha reta e seguirá desfilando.”
Coreógrafo(s): Maurício Gomes.
Pontuação: 10,0 – 10,0

 IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE
ENREDO: “Adolã, a cidade mistério”.
CARNAVALESCO(S): Arlindo Rodrigues e José Félix Garcês.
Componentes: 12 masculinos.
Nome da fantasia: (?)
O que representou:  “formada por ex-craques de futebol anuncia uma mistura de passado e
futuro numa só coreografia”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

EM CIMA DA HORA
ENREDO: “Me acostumo mas não me amanso”.
CARNAVALESCO(S): Edson Mendes e Sid Camilo.
Componentes: 11 masculinos.
Nome da fantasia: “Cangaceiros”.
O que representou: os protagonistas do enredo.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 0 – 0



SÃO CLEMENTE
ENREDO: “Quem casa quer casa”.
CARNAVALESCO(S): Carlos D’Andrade e Roberto Costa.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: “Noivos e noivas”.
O que representou: “...vestidos de noivo-noiva (cada um trajava de um lado a metade de um
terno preto e do outro, meio vestido de noiva, como se estivessem divididos na vertical por um
traço invisível)”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0

FONTE: Livro "Comissão de Frente: Alegria e Beleza pedem passagem" de Júlio César Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário