Aqui elas dão show!

Loading...

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Comissões de frente 1989

Neste ano, a campeã foi a Imperatriz Leopoldinense, com o enredo  Liberdade,
Liberdade, Abre as Asas sobre Nós. 


ARRANCO DO ENGENHO DE DENTRO
ENREDO: “Quem vai querer”.
CARNAVALESCO(S): Milton Siqueira e Sérgio Faria.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Reis”.
O que representou: “...vestidos de Reis e tendo a coroa e as roupas adornadas com frutas”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 9,0 – 8,0 – 7,0

UNIDOS DO CABUÇU
 ENREDO: “Milton Nascimento, sou do mundo, sou Minas Gerais...”
CARNAVALESCO(S): Beto Sol.
Componentes: 12 masculinos.
Nome da fantasia: “Barroco Mineiro”.
O que representou: “Fantasia representando o Barroco de Minas Gerais”.
Coreógrafo(s): Geraldo Cavalcante.
Pontuação: 7,0 – 7,0 – 7,0

UNIDOS DA PONTE 
ENREDO: “Vida que te quero viva”.
CARNAVALESCO(S): Sancler Boiron e Sid Camillo.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou:  “Quinze fundadores da Ponte em Missão de Paz na Avenida, vestindo
terno branco”.
Coreógrafo(s): Silvino.
Pontuação: 8,0 – 8,0 – 7,0


MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL
ENREDO: “Elis, um trem de emoções”.
CARNAVALESCO(S): Ely Perón Frongilo e Rogério Figueiredo.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Meus amigos”.
O que representou:  “Meus amigos, diretamente do fundo do meu coração onde costumo
guardá-los são eles que abrem este show que hoje apresentamos na Sapucaí.” Vestiam terno e
cartola brancos com gravata verde.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 8,0 – 8,0 – 8,0

TRADIÇÃO 
ENREDO: “Rio, samba, amor e tradição”.
CARNAVALESCO(S): João Rosendo.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Protetores alados da folia carioca”.
O que representou:  “Na Tradição, desde a fundação, adotamos o critério fantasia que são
exibidas por 15 (quinze) representantes do sexo masculino, cuja função é apresentar a Escola, o
enredo, agradecendo os aplausos. (...) Neste carnaval representam ‘Protetores alados da folia
carioca’”.
Coreógrafo(s): José Carlos Machado.
Pontuação: 5,0 – 5,0 – 5,0

UNIÃO DA ILHA DO GOVERNADOR
ENREDO: “Festa profana”.
CARNAVALESCO(S): Ney Ayan.
Componentes: (?) masculinos.
Nome da fantasia: “Rei Momo”.
O que representou:  o dono do Carnaval, o comandante da folia, com personalidade
zombeteira, delirante e sarcástica. Personagem oriundo da mitologia grega, filho do sono e da
noite que foi expulso do Olimpo porque tinha como diversão ridicularizar as outras divindades.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 9,0


CAPRICHOSOS DE PILARES
ENREDO: “O que é bom todo mundo gosta”.
CARNAVALESCO(S): Renato Lage e Lílian Rabello.
Componentes: 15 femininos.
Nome da fantasia: “O que é bom todo mundo gosta”.
O que representou:  “...abre o desfile com a beleza tropical e a harmonia das formas,
representada pela mulher brasileira com seu colorido natural”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0

ACADÊMICOS DO SALGUEIRO
ENREDO: “Salgueiro – Templo Negro em tempo de consciência negra”.
CARNAVALESCO(S): Luiz Fernando Reis.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: “Guardiões do Templo Negro”.
O que representou:  “São os guardiões do Templo Negro, altivos e imponentes, negros e
elegantes, tradicionais e respeitosos senhores salgueirenses – Velha Guarda”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 8,0

ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA
ENREDO: “Trinca de reis”.
CARNAVALESCO(S): Julio Mattos.
Componentes: 12 femininos.
Nome da fantasia: “Vedetes”.
O que representou: “A Comissão de Frente, fielmente adequada ao enredo, abrirá o grande
show de espetáculo e beleza que será realizado pela Mangueira na Avenida dos Desfiles. (...)
Nada como destacar aquelas que marcaram e marcam a  noite carioca. Com beleza, ritmo e
coreografia a nossa Comissão de Frente irá saudar o povo em nome da Diretoria e anunciar o
espetáculo. É homenagem da Mangueira a tantas vedetes conhecidas ou esquecidas, com
sucesso ou anônimas, que abrilhantaram os shows desta TRINCA DE REIS”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 9,0 – 8,0 – 7,0


UNIDOS DO JACAREZINHO  
ENREDO: “Mitologia, astrologia, horóscopo, uma benção”.
CARNAVALESCO(S): Lucas Pinto.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: Magos.
O que representou: “...apresenta quatorze magos conduzindo em suas mãos a representação
dos astros”.
Coreógrafo(s): Jerônimo.
Pontuação: 8,0 – 7,0 – 7,0

IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE
ENREDO: “Liberdade! Liberdade! Abre as asas sobre nós”.
CARNAVALESCO(S): Max Lopes.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Nobreza”.
O que representou:  “15 nobres ensaiados dentro do mais puro conjunto,  coordenados com
música e o ritmo”. "12 marajás, numa original, debochada e irreverente coreografia, criticando
alegremente essa desagradável piada”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0


UNIDOS DA TIJUCA 
ENREDO: “De Portugal à Bienal no País do Carnaval”.
CARNAVALESCO(S): Mário Monteiro.
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: “Israel Pedrosa”.
O que representou: “Representando a COR e homenageando o Mestre Israel Pedrosa, autor
do Livro ‘DA COR À COR INEXISTENTE’”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 8,0 


SÃO CLEMENTE
ENREDO: “Made in Brazil!!! Yes, nós temos banana”.
CARNAVALESCO(S): Carlos D’Andrade.
Componentes: 12 componentes.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: Usavam fraque verde e cartola branca com plumas amarelas, calça com
abas penduradas em volta imitando a casca de uma banana aberta pela metade.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 8,0


ESTÁCIO DE SÁ
ENREDO: “Um, dois, feijão com arroz”.
CARNAVALESCO(S): Rosa Magalhães.
Componentes: 12 masculinos (Luiz Alberto, Newton Sidney, Sérgio Henrique, Jorginho, José
Paulo, Fábio, José Antônio, Márcio Silva, Wellington Macedo, Carlos Augusto, Armando
Cardoso e Leonardo).
Nome da fantasia: (?)
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): Jurandir (coreógrafo e bailarino do Teatro Guaíra).
Pontuação: 8,0 – 8,0 – 8,0


UNIDOS DE VILA ISABEL
ENREDO: “Direito é direito”.
CARNAVALESCO(S): Paulo César Cardoso, Ilvamar Magalhães e Orlando Pereira.
Componentes: 15 femininos.
Nome da fantasia: “A vida”.
O que representou:  15 mulheres grávidas com fantasias leves e coreografias simples
representando o Direito mais inalienável – o direito à vida, que é a síntese da Declaração dos
Direitos Humanos”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 7,0


PORTELA
ENREDO: “Achado não é roubado”.
CARNAVALESCO(S): Silvio Cunha.
Componentes: 13 masculinos.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: Usavam fraque e cartola nas cores da Escola.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 9,0

BEIJA-FLOR DE NILÓPOLIS
ENREDO: “Ratos e urubus larguem minha fantasia”.
CARNAVALESCO(S): Joãosinho Trinta.
Componentes: 15 masculinos (Grupo Tá na Rua).
Nome da fantasia: “Mendigos”.
O que representou: “Na abertura mostraremos a massa de Mendigos envolvidos pela crueza
do LIXO REAL, símbolo de tantas sujeiras nacionais. LIXO FÍSICO, MENTAL E
ESPIRITUAL assentado no LUXO de tantas situações deprimentes. O jogo será feito.
Mostraremos o Lixo e o Luxo rebatendo na figura do MENDIGO. E esta figura não é tão fácil
de ser retratada, como se pensa. Ao contrário, ele  é muito complexo, realmente profundo e
dramático. Descobre-se, nele, um Universo de razões, situações, ações e reações, prazeres,
ódios, sentimentos e paixões numa turbulência maior que imaginamos. Cada mendigo é um
mundo muito particular. Ninguém é parecido com ninguém. Por estarem libertos dos
parâmetros de uma sociedade dita normal, eles criam aberturas muito amplas para si. De uma
maneira geral. Em termos de vivências, indumentárias, atitudes, etc. Esta falta de
comportamentos resulta numa grande liberdade. Liberdade que esbarra em qualquer
Regulamento. (...) Foi escolhido um tipo mais comedido que na visão de um bêbado fica
multiplicado por 15. Por causa desta multiplicação alcoólica todos os Mendigos estão vestidos
iguais e fazem gestos iguais. Foram treinados para  um certo comportamento em relação ao
Regulamento. Mas, suas características de liberdade e irreverência permanecem”.
Coreógrafo(s): Amir Haddad.
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0
 

IMPÉRIO SERRANO
ENREDO: “Jorge Amado, axé Brasil!”
CARNAVALESCO(S): Oswaldo Jardim.
Componentes: 10 masculinos.
Nome da fantasia: “Ministros de Oxalá”.
O que representou:  “...representando o poder da criação. Louvação ao Criador.” Usavam
roupa branca de candomblé com turbante.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0

FONTE: Livro "Comissão de Frente: Alegria e Beleza pedem passagem" de Júlio César Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário