Aqui elas dão show!

Loading...

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Comissões de frente 1988

Neste ano, a campeã foi a Vila Isabel, com um desfile surpreendente, com o uso de
material rústico em homenagem à negritude, com o enredo Kizomba, Festa da Raça.

UNIDOS DA TIJUCA 
ENREDO: “O Templo do Absurdo”.
CARNAVALESCO(S): Silvio Cunha.
Componentes: 15 masculinos (Denílson, Edinho, Bira, Ubirani, Niltinho, Miltão, Alcir,
Amauri, Jorge Galvão, Julinho, Ronaldo, Paulo Ramos, Nilson Dias, René e Jairzinho).
Nome da fantasia: “Marajá”
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 8,0 – 8,0


MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL 
ENREDO: “Beijim beijim bye bye Brasil”.
CARNAVALESCO(S): Fernando Pinto.
Componentes: (?) masculinos.
Nome da fantasia: “Xuxetes”.
O que representou: “...uma alegoria à Xuxa, símbolo da saúde e da beleza e do beijim, beijim.
Esta comissão de frente faz uma referência a uma tradição brasileira dos homens vestirem-se
de mulher durante o carnaval”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 9,0 – 9,0 – 9,0 – 7,0


UNIÃO DA ILHA DO GOVERNADOR
ENREDO: “Aquarilha do Brasil”.
CARNAVALESCO(S): Max Lopes.
Componentes: (?) masculinos.
Nome da fantasia: (?)
O que representou:  (?)vestiam fantasia branca e amarela com uma grande pluma branca na
cabeça. Faziam coreografia.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0 – 9,0

IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE 
ENREDO: “Conta outra, que essa foi boa!”
CARNAVALESCO(S): Luiz Fernando.
Componentes: (?)
Nome da fantasia: (?)
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 9,0 – 9,0 – 8,0 – 8,0

SÃO CLEMENTE 
ENREDO: “Quem avisa amigo é...”
CARNAVALESCO(S): Carlos D’Andrade e Roberto Costa.
Componentes: (?) masculinos.
Nome da fantasia: “Os monstros”.
O que representou:  “A situação já não andava boa. Tudo estava tenso, agressivo, violento.
Havia algo no ar. Havia monstros horríveis, seres violentos que chegavam na captura da
Pomba da Paz”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 9,0 – 9,0 – 8,0 – 8,0

ESTÁCIO DE SÁ 
ENREDO: “O boi dá bode”.
CARNAVALESCO(S): Rosa Magalhães.
Componentes: 12 masculinos (Jeo Santos, Jorge Andi, Sergio Henrique Machado, Wellington
Barros de Moraes, Nilton Sidney, Jorge Mendes, Leonardo Perón, Cláudio Drumond, Paulo
Emílio, Carlos Eduardo, Victer e Reinaldo).
Nome da fantasia: “Brincantes de Boi”.
O que representou: “...vestidos de forma tradicional, como participantes do bumba-meu-boi.
Fazem coreografia, apresentando a escola à platéia, com seus gestos elegantes”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 9,0 – 9,0


ACADÊMICOS DO SALGUEIRO
ENREDO: “Em busca do ouro”.
CARNAVALESCO(S): Chico Spinosa  .
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: Tradicional.
O que representou: “...componentes da Velha Guarda com o tradicional fraque, dourado”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0 – 9,0

PORTELA 
ENREDO: “Na lenda carioca os sonhos do Vice-Rei”.
CARNAVALESCO(S): Geraldo Cavalcanti.
Componentes: 14 masculinos (Velha Guarda: Casquinha, Edir, Aurélio, Wilson Moreira,
Bretãs, Monarco, Carioca, Ari do Cavaco, Argemiro, Piriquito, Jaú e Alberto nonato).
Nome da fantasia: (?)
O que representou: “...Dispõe-se em linha reta e abre o desfile, cumprimentando o público.
(...) Nossa Velha Guarda irá apresentar na avenida a escola que ela criou e que até hoje ajuda a
sustentar como uma VERDADEIRA RAIZ”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0 – 8,0


 TRADIÇÃO
ENREDO: “O melhor da raça, o melhor do Carnaval”.
CARNAVALESCO(S): João Rosendo.
Componentes: (?)
Nome da fantasia: (?)
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0 – 9,0

CAPRICHOSOS DE PILARES
ENREDO: “Luz, Câmera e ação”.
CARNAVALESCO(S): Renato Lage e Lílian Rabelo.
Componentes: (?)
Nome da fantasia: “Lanterninhas de cinema”.
O que representou: “Os lanterninhas do cinema, conduzem o casal e abrem nosso carnaval...”
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0 – 8,0

BEIJA-FLOR DE NILÓPOLIS
ENREDO: “Sou negro! Do Egito à liberdade”.
CARNAVALESCO(S): Joãosinho Trinta.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Arautos da Liberdade”.
O que representou: “(...) EXU é uma entidade ao mesmo tempo séria e brincalhona. Portanto,
a abertura do desfile da Beija-Flor será feita por  15 (quinze) componentes brincando sobre
PERNAS DE PAU e representando um conjunto de EXUS. Eles fazem a abertura do desfile e
em seguida vem a COMISSÃO DE FRENTE com 15 (quinze) NEGROS representando os
ARAUTOS DA LIBERDADE”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0 – 9,0

UNIDOS DO CABUÇU
ENREDO: “O mundo mágico dos Trapalhões”.
CARNAVALESCO(S): Alexandre Louzada.
Componentes: 15 masculinos.
Nome da fantasia: “Mágicos”.
O que representou: “Mágicos”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 8,0 – 8,0

UNIDOS DA PONTE 
ENREDO: “O Bem-Amado Paulo Gracindo”.
CARNAVALESCO(S): Orlando Pereira.
Componentes: (?) masculinos.
Nome da fantasia: “O Rei de Ramos”.
O que representou: “Homenagem da Velha Guarda da Unidos da Ponte a Paulo Gracindo,
através de um de seus personagens mais marcantes – O Rei de Ramos”.
Coreógrafo(s): Machine.
Pontuação: 10,0 – 9,0 – 9,0 – 8,0



 UNIDOS DE VILA ISABEL 
ENREDO: “Kizomba festa da raça”.
CARNAVALESCO(S): Milton Siqueira
(assistentes: Paulo Cezar Cardoso e Ilvamar Magalhães)
Componentes: 14 masculinos.
Nome da fantasia: “Guerreir0os”.
O que representou: Guerreiros africanos.
Coreógrafo(s): Éder Jô (responsável).
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 10,0 – 9,0

IMPÉRIO SERRANO 
ENREDO: “Pára com isto, dá cá o que é meu”.
CARNAVALESCO(S): Ney Ayan.
Componentes: 12 masculinos.
Nome da fantasia: (?)
O que representou: (?)
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0 – 9,0


ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA
ENREDO: “Cem anos de libertação: realidade ou ilusão?”.
CARNAVALESCO(S): Julio Matos.
Componentes: (?)
Nome da fantasia: “Negros que deram certo”.
O que representou:  “NEGROS QUE DERAM CERTO saudando o povo, em nome da
Diretoria da Escola, pedem passagem para MANGUEIRA. A Comissão de Frente, elemento
tradicional dos desfiles, está adequada ao enredo,  pois, é formada de representantes da raça
negra que, apesar da adversidade das favelas, e do estigma do preconceito racial, conseguiram
obter notoriedade nos mais diversos segmentos sociais. E esses negros que deram certo e
permaneceram fiéis às tradições de sua raça vêm vestidos em trajes confeccionados com apuro
e beleza e de forma gentil e elegante cumprimentam a imprensa e as autoridades. Negros que
deram certo esperam palmas e justiça para a MANGUEIRA”.
Coreógrafo(s): (?)
Pontuação: 10,0 – 10,0 – 9,0 – 9,0

FONTE: Livro "Comissão de Frente: Alegria e Beleza pedem passagem" de Júlio César Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário